Vereadores de Porto Nacional reúnem-se na ABRACAM

O presidente da Câmara Municipal de Porto Nacional, no estado do Tocantins, vereador Adael Oliveira Guimarães, acompanhado dos vereadores Jefferson Lopes e Emivaldo Pires (Miúdo) estiveram reunidos nos dias 30 e 31 de outubro, na sede da ABRACAM em Brasília-DF, tratando de questões relativas ao dia-a-dia do exercício do mandato parlamentar municipal.
Reuniões técnicas mostrando o papel fiscalizador do Poder Legislativo local; cidadania e participação popular; e algumas questões como a atualização da Lei orgânica e Regimento Interno foram abordados nos encontros.
Dada a importância e relevância, outros temas atuais foram motivos de orientação, como a conquista recente através do Supremo Tribunal Federal, que foi o pagamento do 13º subsídio e 1/3 de férias aos agentes políticos.
Participaram dessas reuniões técnicas, o diretor de comunicação jornalista Milton Atanazio, Diretor Estratégico Luiz Kirchner e o presidente Rogério Rodrigues da Silva.
Os representantes do legislativo municipal Portuense foram convidados a participar do 10º Congresso Brasileiro de Câmaras Municipais, e o convite extensivo aos demais vereadores de Porto Nacional-TO.
O congresso, que se tornou tradicional, este ano estará em seu décimo ano de realização e acontecerá nos dias 05 a 07 de dezembro de 2017, com a participação de vereadores e vereadoras de todo o país.
A ABRACAM cumprindo o seu papel de representação institucional dos vereadores e vereadoras do Brasil, vem estimulando uma maior participação das câmaras associadas.
O município
Porto Nacional é um município brasileiro do estado do Tocantins. É considerado pólo regional, próximo a capital Palmas, sendo importante acesso a algumas regiões do estado e do País.
Fundado no início do século XIX, Porto Nacional sempre esteve diretamente ligado histórica e culturalmente ao rio Tocantins. Ao longo daquele século e do XX, a principal via de acesso era o rio. Embarcações navegavam o Tocantins transportando mercadorias entre Porto Nacional e Belém do Pará. Com a construção da rodovia BR-153, nos anos 1970, o fluxo de pessoas e mercadorias passou para a via terrestre.

Categories: Notícias

Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox
Inline
Please enter easy facebook like box shortcode from settings > Easy Fcebook Likebox